As Doze Noites Santas

Post thumb

 

As Doze Noites Santas acontecem de 25 de dezembro até o dia 06 de janeiro, quando os Três Reis Magos chegam ao seu destino, a criança Divina, com os presentes: incenso, mirra e ouro.

Os Reis Magos tinham conhecimento de astrologia e astronomia, além do conhecimento da sabedoria dos grandes mistérios. A partir destes conhecimentos, fazem a leitura da gramática das constelações.

Ao olharem para o cosmo, percebem que uma grande mudança estava por vir para a humanidade e que transformaria a sabedoria e o amor. Assim, seguiram a estrela guia até a manjedoura.

Desde muito tempo atrás, sabia-se que nesta época derramam sobre nós, através dos 12 portais das constelações zodiacais, as virtudes que nos são oferecidas pelas hierarquias. O Sol brilha para o planeta nestas noites e também brilha de dentro dos corações humanos. Para que possamos sentir esta luz, precisamos nos dedicar a um silêncio interior, uma meditação.

Esta meditação, se inicia no dia 25 de dezembro e termina em 06 de janeiro e nos traz a imagem de dois nascimentos. Em 25 de dezembro o nascimento do menino Jesus e no dia 06 de janeiro às margens do Rio Jordão, através do batismo, o nascimento do Cristo.

Se deixarmos as forças enviadas pelas hierarquias espirituais reverberarem em nossos corações, podemos ter as condições de fazer nossa luz interna brilhar e assim, cumprirmos nossa missão.

O Cristo fala: “Quem não nascer de novo depois de ter nascido pela mulher, não alcança a imortalidade.”

O Céu e a Terra estão mais próximos nestas noites, esta proximidade oferece uma maior abertura para recebermos as forças enviadas pelas hierarquias espirituais e favorecer o  nosso autodesenvolvimento, através dos símbolos, insights, que podem vir através de sonhos e de uma presença atenta durante o dia.

A consciência humana nestas noites pode nos aproximar de conhecimentos mais profundos, que podem ser revelados também em sonhos, para isto teremos que desenvolver nossos olhos espirituais e ver além do visível, da matéria.

Cada Noite Santa corresponde a um mês do ano que se inicia e podemos através da meditação diária, colocarmos metas para cada mês,  fortalecendo nossa vontade e nossa caminhada  em direção ao nosso propósito..

 

“Vou dormir

Até despertar

Minha alma estará no mundo espiritual

E lá encontrará o ser superior

Que me guia nesta vida terrena.

Ele, que sempre está no mundo espiritual,

Que paira sobre minha cabeça.

Minha alma o encontrará,

O anjo orientador de minha vida.

E, quando despertar novamente,

Este encontro terá acontecido.

Terei sentido o sopro de suas asas.

As asas do meu anjo

Terão tocado minha alma.”

 

Livro: Psicologia Antroposófica e outros Escritos – p.177

 

Referências:

- Apostila módulo VII – Zodíaco- Escola Livre Antroposofia- Formação e Estudos Biográficos em Juiz de Fora- MG

- O caminho de Cristo – O resgate da Magia das festas cristãs – Karin Evelyn de Almeida

- Meditação das 12 noites Santas de Sergei Prokofieff

- Forças Zodiacais e sua atuação na alma humana – GudrunBurkhard

- http://www.festascristas.com.br