Breves Considerações sobre Biografia e Cura

Post thumb

 

Breves Considerações sobre Biografia e Cura

“Se vocês receberem de fato o espírito da antroposofia, perceberão que a antroposofia voltará a abrir, justamente, o ouvido e o coração das pessoas para o mistério do Cristo. O destino da antroposofia quer ser também aquele do cristianismo.” Rudolf Steiner

 Cura - Conceito

A palavra cura é abrangente demais para a compreensão de meros expectadores sem compromisso com o verdadeiro sentido da vida. A cura existe, mas não se assenta sob o conceito de perfeição superficial que em geral, alimentamos na terra, no tempo atual. A morte é um estado de plenitude, de cura. O nascimento é um estado de profunda entrega ao processo de metamorfosearse. É também um ato de coragem. E coragem tem a ver com cura.

Biografia & Cura

Acima de tudo é preciso considerar que nossa vida não é limitada à presente existência. Somos transeuntes, vindos do passado, caminhantes no presente e candidatos ao futuro, nas estradas, vilas, vielas,talhos e atalhos da vida. Falarmos de biografia e cura implica na renúncia de preconceitos acerca de si mesmo. Isto implica em saúde. Se nos compreendemos responsáveis por nossos pensamentos, sentimentos e atitudes, passamos a adotar condutas num crescente mais elevadas. Descobrir o quão sagrado é a biografia nos orienta para novos horizontes nos quais nos destinamos verdadeiramente à disciplina do confesso aprendiz espiritual. Auto rotulações enviadas a partir da des-individuação consentida e obedecida a partir de padrões estereotipados, como num efeito dominó, significam doença. Isto diz respeito ao não se identificar com o dominó! Identificar-se sim como um indivíduo, na busca da integridade. Assim antes, diz respeito ao conhecer e sobretudo se aprofundar com responsabilidade e reverência na própria biografia, no tempo que se perceber chamado. Envolver-se com a antroposofia é um chamado per se. Isto é tarefa do homem atual. Afinal sua história lhe diz do seu passado, presente e futuro de si e da humanidade. E sua história o engendra ao aspecto espiritual ao qual está profundamente arraigado/vinculado em suas vivências na terra.

Biografia & Morte 

Está no presente a oportunidade para sempre de alguma maneira, recomeçarmos, redesenharmos nossa história. Porém, o inacabado é sempre um elemento presente, que nos lembra do que veio, do que está e do que irá. Somos seres integrados. Compomos um bordado que consiste num grande todo, realizado pelo todo. Somos, enquanto seres humanos, capazes de pensar, sentir e querer, e desvendar, no tempo de Deus, o mistério que é a vida. E sobretudo: compreender o fenômeno da morte tão afim com aquele do nascimento, nos faz buscadores da ampliação da consciência. Somos cidadãos de dois mundos: o mundo terrestre e o mundo espiritual. Ambos se encontram profundamente intrincados quando da oportunidade de estarmos na terra nesta vivência, para nos elevarmos. Aprendermos a partir do nascimento, a viver e a morrer: eis um dos maiores desafios do homem ao longo de toda a sua biografia diurna e noturna. Enquanto individualidades, somos eternos. Fica na terra um dia, aquele que nos permite prosseguirmos, tornarmos e retornarmos na nossa humanidade e eternidade.

Biografia & Cotidiano

Ampliar a consciência diz respeito à capacidade que carecemos desenvolver do convívio com os fatos do cotidiano, no que tange aos relacionamentos com o outro e com as coisas, enquanto que também com a realidade do mundo superior que nos rege e sobretudo de nós espera que nos encontremos em nossa humanidade, na égide das experiências do mundo terreno (cotidiano). A alma da consciência assim o exige: que nos comportemos no caminho da vida sob a maestria da verdade. Aprender a investigar esta realidade significa buscar um ponto de equilíbrio, permitindo-nos não oscilarmos ao sabor das ondas dos eventos da vida, às vezes fortes, chocantes e que podem nos adoecer, caso não estejamos preparados. E esta investigação das duas realidades nas quais vivemos, tem a ver centralmente com a compreensão da nossa biografia atual. Verificando o cotidiano com o olhar elevado e também remetido ao mundo superior, percebemos o elemento da não casualidade, percebemos os passos que num contínuo inexorável veem de um passado, existem num presente e se alçam para o futuro.

Biografia & Vitimização

 A vitimização tende ao desaparecimento quando compreendemos a profunda correlação entre os fatos e atos do nosso tecido biográfico com a nossa caminhada do mundo superior até a terra, bem como no retorno para aquele. Transformar o conteúdo de nossas experiências ao longo da vida, é fator determinante para acessarmos as vias de cura de nossos processos, aceitandoos de forma cada vez mais sábia e sanadoras em si.

Biografia & Traumas

Reconhecermos, se possível, os temas principais que nos rondam a existência, pode ser possibilidade para o próximo passo, para a metamorfose que temos por incumbência realizar. Ficaremos menos e menos expostos aos apelos traumáticos da vida e iremos caminhando na direção da paz que significa saúde. (exemplo: se sempre me sinto rejeitado e crio sempre caminhos que me fazem intensificar esta vivência...) (dentre outros tantos exemplos) Seguramente temos pontos nevrálgicos que quando acionados por eventos que nos abalam nos caminhos da vida, são mobilizados e a depender da força de encarnação desta individualidade, estes poderão se transformar em potenciais focos de adoecimento, se já não estiverem em efervescência. Aqui lembramos do quão capaz é um indivíduo que por resiliência, consegue se manter saudável e até mesmo mais forte diante de uma adversidade. Mas muitos de nós não temos esta habilidade. É preciso desenvolvê-la. É uma condição também a ser adquirida a partir da ampliação de consciência que precisamos galgar em cada fato que nos ocorre, que por ser em decorrência de nossos pensamentos, sentimentos e atitudes, consistem na realidade, em processos em cujo cerne traz o clamor da transformação.

Biografia & Autoconhecimento

É hercúleo este trabalho, mas a partir do momento que compreendemos que viver nos requer comprometimento, envolvimento, confiança de que tudo tem um propósito, e ciência de que estamos profundamente interligados a tudo e a todos, e que tudo obedece a uma força maior, nos empenhamos e nos sentimos gradativamente mais fortalecidos mesmo em meio às dificuldades, uma vez que o autoconhecimento aqui é o recurso que emerge. Somos uma pérola imersos em um pântano. Cabe nos procurarmo-nos!

Biografia: Uma Jornada a ser cuidada

O cuidado que se deve ter para com a própria história, envolve observação rigorosa e carinhosa dos fenômenos que nos acontecem. O pensar, sentir e querer são âmbitos a serem monitorados diuturnamente tanto mais amadureçamos com e nos processos da vida, enfatizando novamente que tudo isto ocorre no tempo de Deus. Percebermos as correlações de fatos e atos no nosso percurso podem nos alertar para agravos e suscitar eventual capacidade de evitá-los e/ou contorná-los. Cumpre -nos aprender do contrair e expandir, a força que atua, realiza. Trazer o calor na alma e a luz no espírito. Alinhavamos assim a nossa humanidade, reunindo o nosso corpo, alma e espírito, a partir da experiência na matéria que nos conduz ao mundo espiritual. Cada pessoa tem sua história, sua dor, seu caminho, seu processo de adoecimento e de cura. E isso precisa ser tratado no âmbito individual, consigo mesmo no bojo do gradativo despertar da consciência e/ou in a presença do aconselhador biográfico. Penso que todo terapeuta, e porque não dizer toda a pessoa, deveria avaliar a possibilidade de se orientar dentro deste instrumento maravilhoso que é o de buscar compreender sua própria história e a do outro. Todos sairemos curados de alguma maneira!

 Numa visão não linear, podemos aqui mencionar alguns exemplos da nossa experiência de dia a dia como médica:• Torção do pé • Câncer de mama após traição no casamento – o cuidado de si – identificação de temas da própria biografia

 

Autora: Ana Maria Silva

Médica CRMSP 60182 - RQE 76414 

Iniciatica Médica, Pedagógica e Social Sol Violeta (1991- Atual)

Aconselhadora Biografica em formação pela Escola Livre - Antroposofia - Formação e Estudos Biográficos - JF - MG - Brasil